ProgMedia

ProgMedia has been acquired by MightyHive - Read More >>>

Mídia programática: onde investir seu dinheiro em 2019?

O programático responderá por dois terços (65%) dos gastos globais com publicidade este ano, segundo previsões da Programmatic Marketing Forecasts da Zenith. A expectativa é que os anunciantes investirão US$ 84 bilhões nessa modalidade automatizada de compra e venda de mídia no período. E se sua marca ou veículo ainda não estão estruturados para aproveitar essa oportunidade, a hora é agora.

Para maximizar orçamentos e alcançar melhores resultados, os profissionais de marketing devem apostar em tendências que continuarão abocanhando altos investimentos nos próximos anos. Quem ainda não estiver incluindo essas áreas no planejamento, está deixando dinheiro na mesa!

Vídeo digital segue como a grande estrela

Os gastos com esse formato avançaram 48% no ano retrasado, segundo o IAB Brasil, e manterão o ritmo devido à alta receptividade por parte dos consumidores. A bola da vez são os anúncios em vídeos de seis segundos, que têm apresentado altas taxa de visualização em testes feitos por diversas ad techs. Enquanto os anunciantes devem se preocupar em criar narrativas interessantes e incluir o call to action, os veículos precisam se atentar para o contexto em que o anúncio será oferecido. Ao mesclar conteúdo de qualidade, criatividade e assertividade, o engajamento tem grandes chances de dar certo.

Áudio digital entra no radar para ficar

Na internet, o áudio permite veicular uma campanha com a mesma assertividade do vídeo e, considerando que o brasileiro escuta quase 10h45 de áudio digital semanalmente, segundo estudo da MMA e Audio.ad, e que os podcasts têm se popularizado cada vez mais no país, essa será fonte de receita importante para os veículos em 2019, incluindo os pequenos sites. Os podcasts representam um formato incrível para fortalecer as relações das marcas com os consumidores, mesmo assim, é necessário considerar que envolvem maior complexidade, já que não são facilmente produzidos como um banner estático. No geral, os profissionais de marketing terão acesso crescente a recursos mais avançados de segmentação por geolocalização e ferramentas de atribuição mais assertivas em áudio digital.

Mais precisão na ativação dos dados

Se os anunciantes ainda esbarram na dificuldade de usar conjuntamente dados próprios e de terceiros, podemos esperar que as empresas avancem cada vez mais na jornada de maturidade do marketing orientado por dados. A tecnologia evoluirá para reduzir a complexidade das integrações, ampliar a capacidade de conectar dados on e off e automatizar processos, aumentando a sinergia entre as plataformas. Além disso, as métricas têm avançado para se tornarem mais acionáveis e apoiarem as decisões dos profissionais de marketing. Veremos uma colaboração maior entre os dados, o que permitirá trabalhar a jornada do cliente com mais eficiência e personalização, impactando diretamente no retorno dos investimentos. De acordo com um levantamento realizado pelo Google em parceria com o Boston Consulting Group (BCG), as empresas que conseguem alcançar maturidade na aplicação do marketing orientado por dados percebem aumento de 20% nas receitas e redução de até 30% nos custos.

OOH e novas possibilidades

Nos últimos anos, out-of-home pegou carona com o digital e tornou-se um dos meios que mais crescem com a digitalização da publicidade. Em dois anos, o inventário digital de OOH (DOOH) aumentará em 30%, prevê relatório da Magna. Isso porque as marcas apostarão nas compra programáticas de OHH, atraídas pelas possibilidades de segmentação em tempo real (seja de acordo com geografia, slot individual, horário, audiência etc.) e pelas facilidades da automação da compra. Assim, podemos esperar uma integração ainda maior entre mobile e OOH, possibilitando que as pessoas impactadas no OOH continuem sua jornada no celular. On e off mais integrados do que nunca!

Nesse cenário, podemos esperar que o programático tenha cada vez mais importância na agenda dos profissionais marketing. E para ajudar anunciantes e veículos a maximizarem essas oportunidades, a ProgMedia oferece consultoria especializada por meio de um time de especialistas com ampla experiência em programático. Conheça nossos serviços de planejamento e estratégia para projetos em mídia programática.

Seja o primeiro a comentar “Mídia programática: onde investir seu dinheiro em 2019?”